Imagens meramente ilustrativas. Pode conter alteração de cor conforme configuração de cada monitor

Elephant Rouge

R$160,00

Elephant Rouge 2018, uma criação do Jean Claude Cara junto com a Villaggio Grando (Santa Catarina) que, a meu ver, mostra bem a cara de seus criadores pelo que já conheço deles. Hoje a pena fluiu fácil, coisa que há tempos não acontecia, preciso reativar meu blog Falando de Vinhos!
O Elephant Rouge que pela segunda vez é elaborado na Villaggio Grando, a primeira foi a safra 2014 já esgotada, mostra de cara uma cor vibrante rubi clara e brilhante que me chamou bastante a atenção.
Corte de Merlot (70%), cabernet Sauvignon (10%) e 20% de uvas não divulgadas com passagem de 24 meses por barricas francesas de segundo uso, apresenta uma paleta olfativa de média intensidade e bem frutada.
É na boca, no entanto e a meu ver, que ele realmente mostra a que veio. Longe de bombas tânicas e de grande extração com álcool nas alturas, estamos diante da antítese de tudo isso, taninos muito elegantes e finos, médio corpo, rico meio de boca, fruta vermelha madura (ameixa), notas sutis vegetais, final longo algo apimentado e fresco fruto da boa acidez adquirida neste terroir de altitude.
Educado teor alcoólico de 12,5% que se integra muito bem ao vinho mostrando-se muito bem equilibrado. Um vinho que está muito bom agora mas que, da mesma forma que o 2014, mostra boa capacidade de guarda por pelo menos uns 8 anos quando deve atingir seu auge. O produtor fala mais, 10 a 15 anos, mas esse é meu feeling hoje e como daqui a 15 anos sequer sei se ainda estarei por aqui, não terei como conferir! rs
Bem, aproveitando que estava com a garrafa aberta, tratei de acompanhar o almoço, panqueca de carne com molho de tomate caseiro. O resultado não foi ruim, digamos assim, mas também não foi aquela brastemp! rs Acho que a melhor harmonização passa por outros caminhos como um risoto de funghi com uma carne grelhada, filé com molho madeira, strogonoff de filé, ensopado de carne ou, até, um filé à wellington.

SKU: 242 Categoria:
Elaboração
Notas de Degustação Visão: Cor vibrante rubi clara e brilhante.
Paladar: Taninos elegantes e finos, médio corpo, rico meio de boca, fruta vermelha madura (ameixa), notas sutis vegetais, final longo algo apimentado e fresco fruto da boa acidez.
Harmonização e Serviço Harmonização: Risoto de funghi com uma carne grelhada, filé com molho madeira, strogonoff de filé, ensopado de carne ou, até, um filé à wellington.
Análise Química Teor alcoólico: 12,5%
Outras informações