BARREADO – Harmonizações de Inverno 2021

por | 13 jul, 2021

Barreado

Prato típico do Paraná, para o tradicional barreado as carnes são cozidas em um caldeirão de barro bem vedado em baixa temperatura e por longuíssimas horas, fazendo-as “desmanchar” e gerando um molho bastante rico. Normalmente, é servido com farinha de mandioca e frutas, especialmente bananas grelhadas. Por sua complexidade, harmoniza bem com tintos de maior estrutura e volume de boca, vinhos mais pesados e complexos. Douro, Alentejo, Ribera del Duero, e diversos sul americanos do mesmo porte. Nossas sugestões começam pelo argentino Scorpio Blend, o português Quinta da Sequeira Douro blend ou um espanhol de uva menos conhecida, o GOT Bobal de ânfora.

INGREDIENTES

2kg de alcatra (pode-se usar carne de segunda)

300g de toucinho

3 cebolas grandes em pedaços grandes

3 tomates grandes em pedaços grandes

1 cabeça de alho amassado descascado

1 ramo de cheiro-verde (salsinha e cebolinha)

4 folhas de louro

1 copo de água

Farinha de mandioca (o suficiente)

Vinagre a gosto

Cominho a gosto

Sal a gosto

Pimenta-do-reino a gosto

MODO DE PREPARO

  1. Corte a carne em cubos grandes e tempere com cominho, sal e pimenta-do-reino.
  2. Regue com vinagre e reserve.
  3. Retire a capa do toucinho e corte em pedaços pequenos.
  4. Pique as cebolas, os tomates, o cheiro verde, o alho e misture tudo em uma tigela.
  5. Acrescente as folhas de louro.
  6. Separe este tempero em três partes para usar em camadas no prato.
  7. Em uma panela de barro, coloque uma camada de carne, seguida por uma camada do tempero e do toucinho.
  8. Repita as camadas mais uma vez, finalizando com o tempero.
  9. Coloque a água e feche a panela.
  10. Para lacrar a panela, faça uma goma com água fervente e farinha de mandioca, misturando até parecer uma cola grossa.
  11. Espalhe a goma pela borda da panela e tampe, cubrindo com mais goma para lacrar bem.
  12. Leve ao fogão a lenha por quatro horas.

“O barreado tem esse nome porque a panela é lacrada com barro, mas a gente vai usar uma goma de farinha de mandioca e água”, explica Rodrigo Hilbert, que conta que o prato é uma tradição dos paranaenses, que o comiam nas épocas de festividades para repor as energias. O apresentador alerta: “O barreado bom mesmo é feito com carne de segunda, que fica muito mais saborosa se ficar bastante tempo no fogo”Assista ao vídeo com os detalhes e anote a receita:


http://gnt.globo.com/programas/tempero-de-familia/videos/3683985.htm